a sombra escrita da imagem

61. A ALGUÉM QUE VAI

{Altair Martins]

Escritor e professor


[foto de Santiago Martins]

Sabemos, claro, que a cadeira ficará vaga.

No espaço,

na chama,

haverá apenas o estalo

a que se dará provisoriamente o nome de presença.

Mas será o contrário.


Ao redor de toda matéria,

constará a lei do pó,

das linhas,

até o esmorecer das cores.


Na cadeira de quatro patas,

um bicho morto,

ainda de cabeça erguida,

dará sua lição a nós que estamos vivos.


Há uma palavra para isso,

e o contorno, embora a borre,

é incapaz de escondê-la.


Audio do autor: https://drive.google.com/file/d/1Us3JJ96QhhbETC_huE11-oo1-dRx7F17/view?usp=sharing

ÚLTIMAS NOTÍCIAS