Reflexões do Agora

PRESERVAÇÃO DA NATUREZA


Luiz Carlos Varella Prati


No bosque, morava um sonho. Na primavera aspirava o perfume e acariciava as pétalas macias das flores. Ouvia o canto dos passarinhos e se banhava numa cascata chamada esperança.

Um dia o homem chegou com os conhecidos instrumentos da destruição, e cortou árvores e matou ilusões.

Silenciaram os passarinhos... e nunca mais se soube o paradeiro do seu morador.

GUAÍBA

Nesta terra
pedaço de pátria
onde nasci
quero poder
acariciar a eternidade
que virá
quando eu estiver
no berço do seu chão.
GOTAS DO PENSAMENTO
- Que o teu encanto se perpetue não pela tua beleza, mas por tua alma.
- Dependurada na pergunta está, muitas vezes, a sutileza da interrogação.
- Nada se repete, nada se reproduz; tudo guarda a originalidade como produto da sua criação.
- De que raízes as árvores dos teus sonhos brotarão, se não lhes deres a semente da fé e a terra da esperança que as sustentarão.
- Alternativas são caminhos que a prudência recomenda, quando diante da insensatez das escolhas feitas sem os critérios da razão.

Posts recentes

Ver tudo

Reflexões do Agora

Por Luiz Carlos Varella Prati MINHA CIDADE (Guaíba) Quando ando pelas ruas da minha cidade sempre tropeço na minha infância. É que as calçadas por ode andei ainda guardam meus primeiros passos. Mudanç

Reflexões do Agora

FINAL Por Luiz Carlos Varella Prati A pá que cava o buraco na terra e planta o grão na esperança do fruto, é a mesma que encerra uma vida, na sutileza da hora final da sepultura. MENINA/Por Luiz Carlo

Reflexões do Agora

Por Luiz Carlos Varella Prati FLAGRANTE Claridade e luz... A hegemonia sobre a escuridão! Uma sinaleira apagada, em contradição com o momento. Um bêbado distraído, em sua introspecção cruzando a rua.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS