• Nova Folha Regional

Todas as regiões em laranja. Número de mortes preocupa em Guaíba

Conforme Leite, situação menos arriscada é porque população compreendeu importância de protocolos e a ampliação de leitos de UTI - Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini


Foi confirmada a 46.ª morte por coronavírus de Guaíba. Uma senhora, de 82 anos, faleceu no dia 23. Ela estava internada há 11 dias no hospital da Unimed. Tinha como comorbidades: doença cardiovascular e doença renal crônicas.

A semana teve pelos menos sete mortes. Guaíba, conforme Boletim divulgado na sexta , Guaíba tem 169 em isolamento, 12 hospitalizados. Já foram realizados 3578 testes, tendo 1608 casos, 1381 recuperados. O hospital Berço Farroupilha contava, na quinta-feira, 24, com cinco internações nos leitos clínicos e outros cinco na UTI.

Eldorado do Sul registra 22 mortes. Na quarta ocorreu mais um óbito. Um paciente de 74 anos, morador do bairro Residencial.

Barra do Ribeiro também registrou duas mortes na semana. A cidade soma 13 óbitos por coranavírus. A cidade tem confirmados: 133, hospitalizados: 1 Isolamento domiciliar: 7. Curados: 112 .

Mariana Pimentel já teve duas mortes e Sertão Santana, um óbito.


Mapa laranja no Estado


O mapa do Distanciamento Controlado do mês de setembro, divulgado na sexta-feira ,25,apresenta as 21 regiões Covid classificadas em bandeira laranja (risco epidemiológico médio).


“Depois de um final do mês de junho e o mês de julho de grande e expressivo crescimento, em intensidade e velocidade na ocupação de leitos por pacientes confirmados com Covid-19, observamos, a partir do final de julho, uma suavização da curva. Ao longo de agosto, vimos uma estabilização e, agora, nessas últimas semanas de setembro, finalmente, o número de pacientes confirmados por Covid-19 em leitos de UTI começa a reduzir, ainda que seja uma redução lenta", destacou o Governador Eduardo Leite.


O governador adverte, porém, que a melhora dos indicadores não autoriza relaxar com os cuidados necessários em relação ao coronavírus. “É uma notícia muito importante, mas devemos lembrar que a Covid-19 não passou e ainda é uma preocupação para todos nós. Se temos uma situação menos arriscada nesse momento, de menor risco, é porque a população compreendeu a importância de atender aos protocolos, aos cuidados, e também porque ampliamos leitos hospitalares, chegamos a mais de 100% de aumento de leitos de UTI. Reconvocamos a população para seguir com os cuidados e, assim, evitarmos um retorno às bandeiras vermelhas e a mais restrições”, enfatizou.


Novos registros de hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que resultaram em diagnóstico confirmado de Covid-19, caíram 25% nas últimas semanas – de 1.016 para 793. Além disso, entre as duas últimas quintas-feiras, o número de óbitos causados pela doença reduziu 19%, de 338 para 273.


Os internados em UTI por SRAG caiu 9% (de 884 para 806) e o número de internados em leitos de UTI com Covid-19 reduziu 5% (de 693 para 658). Esses declínios, constatados entre as duas últimas quintas-feiras, resultaram na elevação do número de leitos de UTI adulto livres, que cresceu 11% entre as últimas quintas-feiras, de 614 para 684.


Até o momento, o cenário de um mapa totalmente alaranjado ainda não havia se apresentado no Estado. A última vez que o RS registrou bandeira amarela (risco epidemiológico baixo) foi na oitava rodada (duas regiões), entre os dias 30 de junho e 6 de julho. Desde então, o mapa oscilava entre bandeiras vermelhas e laranja.

BANDEIRA LARANJA

- Bagé - Cachoeira do Sul (em cogestão) - Canoas (em cogestão) - Capão da Canoa (em cogestão) - Caxias do Sul (em cogestão) - Erechim (em cogestão) - Guaíba - Ijuí (em cogestão) - Lajeado (em cogestão) - Palmeira das Missões (em cogestão) - Passo Fundo (em cogestão) - Pelotas (em cogestão) - Santa Cruz do Sul (em cogestão) - Santa Maria (em cogestão) - Santa Rosa (em cogestão) - Taquara (em cogestão) - Uruguaiana


DESTAQUES DA 21ª RODADA

• número de novos registros semanais de hospitalizações confirmadas com Covid-19 reduziu 25% entre as duas últimas semanas (de 1.061 para 793);

• número de internados em UTI por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) reduziu 9% no Estado entre as duas últimas quintas-feiras (de 884 para 806);

• número de internados em leitos clínicos com Covid-19 reduziu 12% entre as duas últimas quintas-feiras (de 778 para 688);

• número de internados em leitos de UTI com Covid-19 reduziu 5% entre as duas últimas quintas-feiras (de 693 para 658);

• número de leitos de UTI adulto livres para atender Covid-19 aumentou 11% entre as duas últimas quintas-feiras (de 614 para 684);

• número de casos ativos reduziu 9% entre as duas últimas semanas (de 10.793 para 9.805);

• número de óbitos por Covid-19 reduziu 19% entre as duas últimas quintas-feiras (de 338 para 273).

As regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias, por local de residência do paciente, são Porto Alegre (222), Passo Fundo (72), Caxias do Sul (66), Novo Hamburgo (58), Santa Maria (55) e Canoas (54).


Comparativo entre 27 de agosto e 24 de setembro

• número de novos registros semanais de hospitalizações confirmadas com Covid-19 reduziu 25% no período (de 1.061 para 793);

• número de internados em UTI por SRAG reduziu 15% no Estado no período (de 944 para 806);

• número de internados em leitos clínicos com Covid-19 reduziu 19% no período (de 850 para 688);

• número de internados em leitos de UTI com Covid-19 reduziu 8% no período (de 714 para 658);

• número de casos ativos aumentou 133% no período (de 7.382 para 9.805);

• número de leitos de UTI adulto livres para atender Covid-19 aumentou 15% no período (de 597 para 684);

• número de óbitos por Covid-19 acumulados em sete dias reduziu 17% no período (de 327 para 273).

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Receba nossas atualizações

51 99616 7059

  • Branca Ícone Instagram
  • arroba

© 2020 by Bittencourt Branding | Nova Folha Regional | All Rights Reserved