Seminário trata de políticas para pessoas com deficiência




Foto: Luís Adriano Madruga/PMG

No dia 21 de setembro, em alusão ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, o Executivo Municipal de Guaíba, através do Gabinete da Vice-Prefeita, promoveu o 1º Seminário: Políticas Públicas e Cidadania para Pessoas com Deficiência, no auditório do Instituto Estadual de Educação Gomes Jardim.
Durante o encontro, a Lei de Inclusão e o Papel da Defensoria e do Ministério Público na Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (PCD) foi pauta do painel apresentado pela Promotora Drª. Ana Luiza Leal. Em acréscimo ao debate dos Direitos e Políticas Públicas para PCD, a Coordenadora de Direitos e Políticas Públicas da FADERS, Jaqueline Rosa, trouxe suas vivências diárias e informações necessárias enquanto rede que busca caminhar para a inclusão e autonomia. A 12ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) representada pelos painelistas Anajara Sampaio, Coordenadora Pedagógica, Rita Neutzling, Assessora Pedagógica da Educação Especial e o José Filipe Nunes, Assessor Pedagógico, Coordenador do Curso de Pedagogia e Presidente do Conselho da Pessoa com Deficiência, trouxe o debate a respeito do Percurso Inclusivo, que existe hoje, e as atuações da 12ª CRE. Por fim, o evento foi encerrado com as painelistas Diretora Rosane da Silva e Orientadora Renata Figueiredo, apresentando o CEDP Guaíba - Centro Educacional de Desenvolvimento de Potenciais.
"Esse é um tema extremamente novo para o nosso país. A gente começou a discutir isso em 1979. Em 1982 que isso se formalizou. O quanto temos que caminhar em evoluir em Políticas Públicas , em debates. Não só nacionais, debates estudais e aqui no nosso dia a dia", destacou o Prefeito Maranata. Os debates hoje trouxeram um sentimento mútuo de convite para que enquanto município, poderes e cidadãos sejamos rede de apoio, conscientização e disseminação de informação. “Que sigamos com essas palavras-chaves discutidas hoje de gratidão, empatia, direito, cidadania e, principalmente, a esperança de viver num mundo mais justo e igualitário!” citou Claudinha Jardim, Vice-Prefeita e Secretária de Educação de Guaíba. O evento contou com número reduzido de pessoas por causa da pandemia e foi transmitido pelas redes sociais.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS