• Nova Folha Regional

Semana registra quatro mortes por coronavírus


Guaíba registrou quatro mortes por coronavírus nesta semana. Agora são 42 óbitos. Na terça foi confirmada a 39.ª morte . Uma senhora, de 68 anos, com histórico de obesidade. A paciente estava internada há 3 dias no Hospital Berço Farroupilha.


No boletim divulgado na sexta, 18, foram confirmada mais três. Uma senhora de 74 anos, com histórico de doença cardiovascular crônica e pneumopatia crônica, faleceu depois de ficar internada 6 dias no Hospital Berço Farroupilha. A outra paciente, uma senhora, de 88 anos, com histórico de doença cadiovascular crônica, estava internada no Hospital Berço Farroupilha. O outro óbito é referente a um senhor, de 71 anos, com histórico de doença cardiovascular crônica e diabetes. Ele estava internado há 4 dias.

O hospital Berço Farroupilha tem nove internados na UTI e seis nos leitos clínicos, conforme boletim divulgado na sexta, 18. O hospital conta com 10 leitos de UTI e 30 clínicos.

Guaíba já registrou 1462 casos, 957 recuperados, 448 isolados e 15 hospitalizados. A cidade realizou mais de 3 447 testes. Eldorado do Sul também resgistrou mais uma morte. Um paciente de 74 anos, morador do bairro Cidade Verde, faleceu nesta semana. Eldorado registra 21 mortes.

Guaíba na bandeira vermelha

Desde que o governo passou a divulgar um mapa preliminar do Distanciamento Controlado, a partir da criação de uma instância recursiva, há três meses, o Rio Grande do Sul não apresentava um número tão baixo de bandeiras vermelhas – que correspondem a alto risco epidemiológico de coronavírus.

A classificação prévia da 20ª semana do Distanciamento Controlado, divulgada nesta sexta-feira (18/9), traz cinco bandeiras vermelhas concentradas nas regiões Metropolitana e Missioneira.


Regiões em cogestão

Entre as regiões classificadas com bandeira vermelha, estão Porto Alegre, a única que permanece, e Novo Hamburgo, Guaíba, Santo Ângelo e Cruz Alta, que estavam na laranja.

Dessas, apenas Guaíba não aderiu ao sistema de cogestão do Distanciamento Controlado. As outras quatro fazem parte do total de 17 regiões que estão adotando protocolos alternativos às bandeiras calculadas pelo governo – Capão da Canoa, Taquara, Canoas, Ijuí, Santa Rosa, Palmeira das Missões, Erechim, Passo Fundo, Pelotas, Caxias do Sul, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul e Lajeado.


Paralelamente aos pedidos de cogestão, o Estado aceitará pedidos de reconsideração à classificação de risco, que pode ser feito via associação regional ou pelo próprio município, exclusivamente por meio de formulário eletrônico (pelo link https://forms.gle/3McLaB6eYvWhrq9m9), no prazo máximo de 36 horas após a divulgação do mapa preliminar – ou seja, até as 6h de domingo (20/9).

A adoção de protocolos alternativos não altera as cores do mapa definitivo, que será divulgado após análise dos recursos pelo Gabinete de Crise, na tarde de segunda-feira (21/9), por meio de notícia publicada no site do governo do Estado. A vigência das bandeiras da 20ª rodada começa à 0h de terça-feira (22/9) e se encerra às 23h59 de segunda-feira (28/9). Municípios podem adotar bandeira laranja

Conforme o mapa preliminar da 20ª rodada, apenas 77 municípios (do total de 497) estão classificados em bandeira vermelha, somando 4 milhões de habitantes, o que corresponde a 35,4% da população gaúcha (total de 11,3 milhões de habitantes).

Desses, 21 municípios (98 mil habitantes, 0,9% do RS) podem adotar protocolos de bandeira laranja, porque cumprem os critérios da Regra 0-0, ou seja, não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, desde que a prefeitura crie um regulamento local. Mariana Pimentel, Sertão Santana e Barão do Triunfo se esquadram nesse critério.

LARANJA > VERMELHA - Novo Hamburgo (em cogestão) - Guaíba - Santo Ângelo (em cogestão) - Cruz Alta (em cogestão)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Receba nossas atualizações

51 99616 7059

  • Branca Ícone Instagram
  • arroba

© 2020 by Bittencourt Branding | Nova Folha Regional | All Rights Reserved