• Nova Folha Regional

Semana começa com paralisação no transporte e protesto de motoboys

Atualizado: Jan 13





Guaíba começou a semana com paralisação no transporte urbano e protestos dos motoboys pedindo mais segurança. Uma acidente deixou motorista ferido e sua esposa morreu no final de semana. Grupo foi recebido na prefeitura.

Motoristas e cobradores da Expresso Assur cruzaram os braços pelo atraso no pagamento do 13o salário, vale alimentação e cestas básicas. A crise no transporte vem desde antes da pandemia. Com o coronavírus ocorreu a redução drástica de passageiros e os prejuízos aumentaram. Segundo o presidente do Sindicato dos Rodoviários , Luís Carlos Veiga Martins a empresa reduziu cerca 50% dos funcionários. Dos 216 , são hoje 120 trabalhadores. "Fizemos diversas propostas a empresa, entre elas o parcelamento em até dez vezes do 13o salário", comentou o sindicalista.
Os trabalhadores da empresa fizeram um protesto em frente à garagem pela manhã, impedindo a saída dos coletivos. O prefeito Marcelo Maranata esteve no local e conversou com os rodoviários. No local houve bate-boca com o presidente da entidade, Luís Carlos Veiga Martins, que criticou o prefeito por não ter participado de uma reunião na última sexta. Maranata justificou que resolvendo problemas da saúde e estava tomando conhecimento da situação e se colocou a disposição para ajudar a solucionar o impasse.
Os motoristas levaram ônibus para a frente da prefeitura, onde permaneceram durante toda segunda-feira.
Na terça, ocorreu uma audiência pública entre a prefeitura, empresa, rodoviários e a justiça. O transporte retorna nesta quarta, com 40% dos serviços.





ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Receba nossas atualizações

51 99616 7059

  • Branca Ícone Instagram
  • arroba

© 2020 - 2021 by Bittencourt Branding and Books | Nova Folha Regional | All Rights Reserved.