• Nova Folha Regional

Instituto Gomes Jardim completa 94 anos no domingo


Há 94 anos, no dia 05 de julho de 1926, três meses antes da emancipação política e administrativa da antiga Pedras Brancas (hoje Guaíba), era criado o primeiro Grupo Escolar, do Distrito de Pedras Brancas, hoje Instituto Estadual de Educação Gomes Jardim. A escola funcionava na Rua Cônego Scherer, perto do atual Sítio Histórico. Na década de 40, a escola, muda-se para a localização atual na Rua Dr. José Montaury, 289.


Em virtude da pandemia, a escola mais antiga da cidade passará o primeiro aniversário de portas fechadas e as comemorações estarão ocorrendo à distância, com atividades especiais nas aulas remotas neste mês de julho. Os alunos estão sendo estimulados a criarem desenhos, textos, vídeos, entre outros, homenagenado a escola.


Ainda neste mês, o Instituto pretende lançar o concurso do Hino do Centenário e reforça o resgate de fotos antigas que deverão fazer parte de um livro que irá contar a história dos 100 anos da escola. Fotos e depoimentos de ex-alunos podem ser encaminhados para gomesjardim12cre@educacao.rs.gov.br.
Foto acervo Luis Prati.


BREVE HISTÓRICO:



O Presidente do Estado do Rio Grande do Sul, Borges de Medeiros assinou no dia 26 de janeiro de 1926, o decreto n° 3600 que instituiu o Grupo Escolar de Pedras Brancas, no 7º distrito da Capital, hoje Guaíba. A escola iniciou as atividades no dia 5 de julho de 1926. Com a emancipação política, no dia 14 de outubro do mesmo ano, a escola passa a denominar-se Grupo Escolar de Guaíba, funcionando em um prédio na rua Cônego Scherer, 280(fundo do antigo Hospital Livramento. No Em 1939, recebeu a denominação de Grupo Escolar Gomes Jardim.

Devido ao grande número de alunos, o governo do estado determinou a construção do novo prédio para a escola. Dessa forma em 1941, mudou-se para o prédio na rua Dr José Montaury, 289(antiga rua do Gado) cujo terreno foi doado pelo município de Guaíba.

Em 1959, com o objetivo de fundar uma Escola Normal, grupo de professores, estudantes, moradores, comerciantes, entre outros, realizaram no Grupo Escolar Gomes Jardim uma grande reunião para abordar o assunto, a qual compareceu o Prefeito Municipal vereadores, pároco da Igreja Pedre José Eichelberger, inúmeros pais de alunos.

Em razão desse movimento ficou determinado o envio do memorial previamente redigido por David Riegel Netto e Isaura Paiva, ao Senhor Governador do estado, Leonel Brizola.

A partir dessa reunião, passou a integrar a comissão anteriormente organizada a vereadora Clélia Rocha Terres, que mais tarde como delegada regional do Ensino Primário teve um papel importante junto às autoridades educacionais do Estado entre elas a professora Rosalba Hipólito Antonello, superintendente do ensino, que muito contribuiu para a criação do Curso Normal.

Assim, no segundo semestre do ano de 1960, o Curso Normal inicia suas atividades junto a comunidade de Guaíba, tendo a primeira turma concluído o Curso em 1963.



O Instituto Estadual de Educação Gomes Jardim, recebeu esse nome em homenagem a Gomes Jardim, um dos heróis Farroupilha, levando em conta sua significativa contribuição nesse momento histórico relevante acontecido no Estado.

Algumas curiosidades:

-No dia 15 de junho de 1961, foi criado o hino da Escola normal Gomes jardim de autoria de Natercia C.Veloso e Victor Neves.

-No dia 14 de dezembro de 1961 era criado o Grêmio Estudantil Gomes Jardim, da Escola Normal Gomes Jardim, tendo como primeiro presidente o aluno Janito Costa.



Pesquisa prof Valmir Michelon

0 visualização

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Receba nossas atualizações

51 99616 7059

  • Branca Ícone Instagram
  • arroba

© 2020 by Bittencourt Branding | Nova Folha Regional | All Rights Reserved