• Nova Folha Regional

Região Guaíba fica na bandeira vermelha


Desde quinta, 6 de agosto, o mapa do Distanciamento Controlado passou a ter 21 divisões regionais. Desmembrada da região de Porto Alegre, a 21ª região Covid reúne os 19 municípios das regiões Carbonífera e Costa Doce e vai receber o nome de Guaíba, porque é o município mais populoso.

Mapa divulgado na sexta, mantém Guaíba e região na bandeira vermelha.

No modelo de Distanciamento Controlado, o Estado agrupou algumas das 30 divisões do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems) a partir do critério da existência de hospitais de referência para leitos de UTI.


A criação de 40 leitos em Guaíba, Camaquã, Charqueadas e São Jerônimo fez com que o governo do Estado acatasse o pedido de desmembramento das regiões Carbonífera e Costa Doce da de Porto Alegre.


“Essas regiões da Costa Doce e Carbonífera dependiam totalmente da rede hospitalar da região Metropolitana, principalmente de Canoas e de Porto Alegre, e agora têm uma capacidade de 40 leitos de UTI”, afirmou o governador Eduardo Leite.


Abertura do comércio

A Prefeitura de Guaíba emitiu o decreto 133/2020 na noite de terça-feira, 4 de agosto, liberando o comércio varejista para atendimento presencial, de quarta a sábado das 10h às 16h. Conforme o decreto assinado pelo prefeito José Sperotto, nos outros horários, assim como na segunda e terça, devem funcionar somente no sistema pegue e leve, drive-thru e tele-entrega.

Em relação aos restaurantes, podem funcionar de segunda a sexta das 10 às 16h, podendo funcionar nos outros horários somente por tele-entrega, drive-thru e pegue e leve.

Nos finais de semana somente por tele-entrega, pegue e leve e drive-thru.


Situação de Guaíba e região

Eldorado do Sul registrou mais dois óbitos, chegando a 10 mortes. Um paciente era morador do bairro Progresso, com 63 anos, testou positivo para COVID-19, necessitando ser internado no Hospital de Montenegro. Além do coronavírus, o paciente também possuía histórico de outras doenças pulmonares. O outro paciente era morador do bairro Itaí, de 87 anos, possuía outras comorbidades com histórico de doenças pulmonares.

Guaíba já registrou, conforme boletim divulgado na quinta, 6 de agosto, 730 casos, 440 recuperados, 18 hospitalizados e 19 mortes. O hospital Berço Farroupilha registra 5 pacientes na UTI e nove internados nos leitos clínicos. A região, incluindo Barra do Ribeiro, Eldorado do Sul, Mariana Pimentel e Sertão Santanta, registra mais de 1150 casos e 36 mortes.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Receba nossas atualizações

51 99616 7059

  • Branca Ícone Instagram
  • arroba

© 2020 by Bittencourt Branding | Nova Folha Regional | All Rights Reserved