Reflexões do Agora

Por Luiz Carlos Varella Prati



FLAGRANTE

Claridade e luz...

A hegemonia

sobre a escuridão!

Uma sinaleira apagada,

em contradição

com o momento.

Um bêbado distraído,

em sua introspecção

cruzando a rua.

Num canto da calçada

pedindo esmolas

as horas esperam o tempo...

Com seus lamentos

os instantes cumprem

o ritual antigo

de se abraçar ao agora.


AS VERDADES

Mesmo que seja tarde, resta a possibilidade do reencontro com nossas verdades.

Elas se refazem no trilhar de cada ano, nos gestos e palavras que trocamos na nossa caminhada, e mesmo que sobre elas recaiam as teias do passado, são suscetíveis de uma nova visão.

As verdades são ícones sagrados, mas no caminhar da nossa existência, muitas se transformam quando a realidade muda.

A minha verdade não é a mesma tua, quando examinada sob a estreiteza da subjetividade.

Mas ela é soberana em sua essência, quando nada lhe pode atingir na singularidade e rigidez, enquanto resultante da sensatez das mentes e do equilíbrio consagrados na realidade.

GOTAS DO PENSAMENTO

- O silêncio estimula à descoberta do que se passa no mundo da introspecção.

- A gente sonha... sonha, e de repente a realidade surge e nos afronta, mudando os nossos caminhos, sem qualquer compaixão.

- Não se pode passar uma vida sonhando estradas se não se tem a coragem de começar a andar.

- A morte da dúvida só acontece quando se restabelece a verdade.

- Ao coração basta a finitude do instante quando preservada a carícia da hora.

- O óbvio é tão resplandecente que ilumina até as mentes comprometidas com a imperfeição de suas visões.

-No caminhar está a essência da busca! Vou caminhando esperanças pelas estradas de orvalho do meu coração.

Posts recentes

Ver tudo

Reflexões do Agora

Por Luiz Carlos Varella Prati MINHA CIDADE (Guaíba) Quando ando pelas ruas da minha cidade sempre tropeço na minha infância. É que as calçadas por ode andei ainda guardam meus primeiros passos. Mudanç

Reflexões do Agora

FINAL Por Luiz Carlos Varella Prati A pá que cava o buraco na terra e planta o grão na esperança do fruto, é a mesma que encerra uma vida, na sutileza da hora final da sepultura. MENINA/Por Luiz Carlo

Reflexões do Agora

INTIMIDADE Por Luiz Carlos Varella Prati Anoiteço. Dentro de mim há uma lua, que anda nua no meu universo. Há também um sol-posto nos meus horizontes mostrando o fim do dia. Morando dentro de mim tamb

ÚLTIMAS NOTÍCIAS