PRF e Polícia Civil realizam operação de combate ao tráfico




Na madrugada de sexta, 27, a POLÍCIA CIVIL e a POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL desencadearam operação conjunta denominada PRESSÁGIO, visando dar cumprimento a 14 mandados de busca e apreensão e a dois mandados de prisão preventiva, objetivando a repressão do crime de tráfico de drogas e de associação ao tráfico.

Foi um ano e dois meses de investigação, em que a Delegacia de Polícia de Guaíba, coordenada pela Delegada Karoline Calegari, apurou um sofisticado esquema de tele entrega de drogas, especialmente cocaína, que contava inclusive com escala de folga entre os vendedores diretos.

Segundo a polícia, apurou -se também que o local de armazenamento da substância entorpecente era um aviário que vendia galinhas, ovos e bodes, como esquema de fachada.

Segundo a delegada, o responsável pelo esquema goza de boa condição financeira, realizando gastos expressivos com festas e viagens, tendo adquirido inclusive uma Estética para sua companheira no Centro da Cidade de Guaíba.
O esquema era realizado por meio de tele entrega de entorpecentes, incluindo escala de folga entre os "empregados" que realizavam a venda direto aos consumidores. Estima-se que o traficante auferia a quantia de R$100.000,00 semanais.

Apurou-se, conforme a polçícia, do mesmo modo, que o outros indivíduos atuavam na associação, ocultando drogas, armas e dissimulando bens adquiridos com o lucro do crime.

São cumpridas as ordens judiciais por 68 policiais civis e 12 policiais rodoviários federais, com 28 viaturas. A operação também conta com o apoio aéreo da Polícia Civil; CORE, PRF ( Núcleo de Operações Especiais, Grupo de Operações com cães e Grupo de Patrulhamento Tático).

Até o inicio da manhã de sexta, foram presas 5 pessoas e foram apreendidas drogas (cocaína e maconha), um revólver .38, uma pistola, munições, celulares, anotações do tráfico, veículos, entre eles um Audi.

As buscas continuam segundo a DP de Guaíba.

Segundo a Delegada Karoline Calegari, a ação integrada entre a PC e a PRF permitiu a prisão de uma importante liderança do narcotráfico em Guaíba e região.

Para o Delegado Mario Souza, Diretor da 2DPRM, a presente operação foi exitosa e decorreu de complexa investigação.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS