top of page

Prefeitura anuncia distribuição dos Cartões Alimentação em substituição à cesta básica


Foto Lucas Wink/Divulgação

A Prefeitura de Guaíba esclareceu nesta quarta-feira, 24, o funcionamento da mudança feita em sua política social. A administração passa a distribuir Cartões Alimentação, em substituição às cestas básicas que eram entregues anteriormente. Destinado a famílias em situação grave de vulnerabilidade social cadastradas no Cadastro Único, o auxílio de R$330 permitirá a aquisição de alimentos nos mercados cadastrados. O acesso ao cartão é direcionado apenas àqueles que são acompanhados pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), conforme a Lei Municipal n° 4332/2023.
Para o prefeito Marcelo Maranata o novo sistema proporciona mais liberdade às famílias, substituindo a cesta básica mensal por um cartão equivalente a três cestas básicas. “O benefício será disponibilizado quatro vezes ao ano, proporcionando maior flexibilidade e autonomia na escolha dos produtos essenciais”, diz.
O secretário municipal de Assistência Social, Norberto Guimarães, ressaltou que o Cartão Alimentação atenderá, em média, 700 famílias. "O cartão é uma substituição da cesta básica que já é entregue nos equipamentos públicos às pessoas atendidas pela Assistência Social. Dessa forma, ele também contribuirá para o incentivo do comércio local da nossa cidade".
A Prefeitura de Guaíba esclareceu nesta quarta-feira, 24, o funcionamento da mudança feita em sua política social. A administração passa a distribuir Cartões Alimentação, em substituição às cestas básicas que eram entregues anteriormente. Destinado a famílias em situação grave de vulnerabilidade social cadastradas no Cadastro Único, o auxílio de R$330 permitirá a aquisição de alimentos nos mercados cadastrados. O acesso ao cartão é direcionado apenas àqueles que são acompanhados pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), conforme a Lei Municipal n° 4332/2023.
Para o prefeito Marcelo Maranata o novo sistema proporciona mais liberdade às famílias, substituindo a cesta básica mensal por um cartão equivalente a três cestas básicas. “O benefício será disponibilizado quatro vezes ao ano, proporcionando maior flexibilidade e autonomia na escolha dos produtos essenciais”, diz.
O secretário municipal de Assistência Social, Norberto Guimarães, ressaltou que o Cartão Alimentação atenderá, em média, 700 famílias. "O cartão é uma substituição da cesta básica que já é entregue nos equipamentos públicos às pessoas atendidas pela Assistência Social. Dessa forma, ele também contribuirá para o incentivo do comércio local da nossa cidade".

Comments


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page