top of page

Na Federasul


O diretor-geral da CMPC no Brasil, Maurício Harger, apresentou no Tá na Mesa da FFEDERASUL na quarta-feira,25, o projeto BioCMPC que prevê investimentos de R$ 2,75 bilhões em sustentabilidade e modernização operacional até novembro do próximo ano. “Este é o maior investimento em ESG (sigla em inglês para governança ambiental, social e corporativa) na história do Rio Grande do Sul”, afirmou o dirigente ao acrescentar que a empresa chilena, que produz celulose no RS, é reconhecida como a 2ª empresa florestal mais sustentável do mundo. Além de programas que vão gerar impacto positivo na região, o investimento levará a um incremento de 18% na capacidade de produção da empresa. A CMPC pretende até 2030 , reduzir 50% das emissões de gases causadores de efeito estufa e ocorra o acréscimo de novos 100 mil hectares de área de conservação.
O evento contou com a presença dos diretores da Acigua, José Luis Bringhenti e Erico Cunha, além do prefeito Marcelo Maranata e da primeira dama, Deise Reinaldo, com diretor da CMPC, Maurício Harger e o presidente da Federasul. Uma placa foi entregue a ao diretor da empresa pelos 50 anos de atuação no RS. Foto Sergio Martins

コメント


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page