top of page

Morre Textor diretor de curta gravado há 20 anos em Guaíba

Fotos Clay Teixeira e Valmir Michelon


Morreu de parada cardiáca no dia 12 de dezembro, o cineasta Antonio Carlos Textor, aos 91 anos de idade. Textor nasceu em Soledade no dia 11 de fevereiro de 1932. O cineasta gaúcho começou a fazer filmes em 1963 e seguiu nesta carreira por mais de cinco décadas.



Ele foi um dos pioneiros no cinema no RS tendo assinado entre 1963 a 2014, 27 curtas, entre eles ‘Negrinho do Pastoreiro’, gravado em Guaíba, dentro do antigo Mercado Público e na fazenda Ouro Branco interior de Guaíba em 2004. A gravação mobilizou a comunidade tradicionalista e o ator principal foi o guaibense Ubiratã de Souza. O músico Giba Gia fez a trilha sonora do filme e acompanhou as gravações.


Textor esteve presente no Festival de Cinema Estudantil de Guaíba, onde o curta chegou a ser exibido. Confira mais algumas imagens das gravações feitas pro Clay Teixeira e Valmir Michelon .









Comentarios


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page