Guaíba busca retomar obras de três EMEis

A Prefeitura de Guaíba entregou, no mês de abril, a segunda escola de Proinfância, "EMEI Waina Maria Alencastro Barbosa" no bairro Jardim dos Lagos. A primeira foi no Parque 35 e outras três obras estão paradas e uma força tarefa vem sendo feita pela prefeitura para a retomada das obras na Cohag, Noli e Pedras Brancas.

Com a segunda escola inaugurada, Guaíba contará com aproximadamente 200 vagas e inicia o ano letivo com 108 alunos matriculados, com crianças de 0 a 5 anos. A obra, iniciada no ano de 2015, através do Programa Nacional de Reestruturação de Educação Infantil, do FNDE, teve um investimento total de R$ 1,9 milhões. "Com essa nova EMEI, agora a nossa rede conta com 10.322 alunos matriculados", observou a secretária de Educação, Claudinha Jardim.



Situação de três obras em escolas paradas

O Município conta com outras três unidades paradas: Bairros Parque do Noli, Pedras Brancas e Cohab. Nestas três EMEIs, as ações são realizadas em conjunto. "São obras de grande porte construtivo, o que nos leva a ter um tempo maior para conclusão e entrega para a comunidade", explicou Claudinha Jardim.

No momento, estão sendo atualizados os preços das etapas faltantes e contabilizando os danos causados pela paralisação. Ou seja, está na fase de compatibilização e adequação das planilhas de custos.

Um impasse que atingiu diversas cidades brasileiras, fez com que a obra da unidade localizada no Bairro Pedras Brancas tivesse de ser paralisada, devido às empresas que não conseguiram dar segmento por falta ou atraso no repasse financeiro do FNDE. Com isso, ficou prejudicado o bom andamento do canteiro de obras. Conforme os técnicos na área, os valores nos dias de hoje ficaram defasados em decorrência ao tempo que as obras pausaram.

Segundo a prefeitura, Guaíba é um dos poucos municípios que ainda segue com a tecnologia "pultrudado" (material composto por resina e fibra de vidro, de grande resistência e melhor custo benefício). "Temos um planejamento que vem sendo executado para consguirmos atender as obras que estavam abandonadas", garantiu a titular da pasta de Educação.

Um Problema Nacional

Dificuldades em exeucação de obras públicas sabem-se, ocorrem em todo o País. Estimativa aponta que, atualmente no Brasil, são nove mil projetos abandonados, sendo que o Rio Grande do Sul representa 6,8% do total.

Obras com recurso do FNDE no RS*

● Concluídas - 1.022

● Em execução - 133

● Em reformulação - 14

● Em licitação - 18

● Em planejamento - 19

● Em contratação - 12

● Canceladas - 498

● Paralisadas - 39

● Inacabadas – 67


Força Tarefa em Guaíba
Sabendo da importância da celeridade nas ações, prontamente a Secretaria de Educação organizou um grupo de trabalho que está em Força Tarefa para a retomada das três proinfâncias que encontram-se paralisadas. "Já está sendo analisado o processo de cada unidade. A partir disso, será aberta uma nova licitação, buscando a conclusão o mais breve possível para atender a grande demanda existente de Educação Infantil", salientou Claudinha Jardim.
A Secretaria de Educação de Guaíba lamenta que as obras tenham sido paralisadas na gestão anterior, o que ocasionou grande depredação. Entretanto, assegura que o trabalho vem sendo retomado e os resultados já estão aparecendo. "A Educação é uma prioridade nossa e a abertura de novas vagas nas EMEIs é um compromisso que temos com a comunidade. Temos a convicção que vamos proporcionar uma Educação de qualidade para todos os guaibenses", concluiu a Secretária de Educação, Claudinha Jardim.
Fonte: Prefeitura de Guaíba

ÚLTIMAS NOTÍCIAS