Filme que retrata família com pessoas com síndrome de down é premiado em Concórdia








“Afinal, qual a diferença entre ter ou não ter síndrome de Down?” Esse questionamento perpassa o curta “A diferença entre os mongóis e mongoloides”, curta-metragem documental de animação dirigido pelo cineasta guaibense Jonatas Rubert, premiado no início de março, na Mostra Curtas Sou do Sul – Regional, no primeiro Festival de Cinema de Concórdia, em Santa Catarina. A escolha do vencedor foi através da votação do Júri Popular, após a sessão. O 1º Festival de Cinema de Concórdia foi realizado pelo Governo do Estado de Santa Catarina, com recursos do Governo Federal e da Lei Aldir Blanc.

Dentro desta temática, Rubert prepara seu primeiro longa tendo seu irmão Tiago Rubert como protagonista no filme Uma em Mil. Conforme Jonatas, o projeto de longa-metragem documental que apresenta uma família que tem duas pessoas com síndrome de Down em gerações e contextos sociais diferentes, os caminhos que eles encontram na busca de suas liberdades e como a família é envolvida nisso.

Jonatas, irmão de Tiago, a partir da sua própria experiência e em conjunto com os demais personagens, tenta mostrar a síndrome, o valor humano que é independente dela e o choque entre esse valor e o diagnóstico médico. “Então Uma em Mil não é um filme sobre a síndrome de Down, mas sobre aquilo que geralmente passa despercebido e não aparece nas cartilhas lidas por toda mãe quando descobre que terá um filho com trissomia 21. É um filme inflamado pela curiosidade e pela seriedade que devemos aplicar nas diferenças, sejam elas triviais ou complexas”, destaca o cineasta. Com gravações no interior do Rio Grande do Sul e na região metropolitana de Porto Alegre, o filme apresenta as questões regionais como modificadoras dos processos dessas pessoas.

Jonatas atua como montador e diretor desde 2010. Entre suas montagens estão às séries “Grandes Cenas” e “O Complexo”, e o longa “Portuñol”, melhor longa gaúcho do Festival de Gramado em 2020. Como diretor, destacam-se os curtas “Desejo”, que estreou no International Vampire Film Festival e “Escape”, ganhador de dois prêmios RBS no Festival de Gramado. Graduado em Realização Audiovisual, foi criador do curso Cinema na Escola e é professor nas oficinas do projeto Cidade Cinematográfica.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS