Dia de Finados da Pandemia














O Dia de Finados da pandemia vem sendo marcado com pouco movimento e controle no acesso nos dois portões. Profissionais da saúde e funcionários do Cemitério Municipal medem temperatura e fornecem álcool gel. Mesmo com o dia de sol de segunda-feira, 2, era pequeno o movimento nas primeiras horas da manhã.
O Dia de Finados ocorre sem a tradicional missa no local e com redução do número de bancas de flores. Mesmo assim, muitos foram prestar homenagens aos falecidos, principalmente as mais de 60 vítimas na cidade entre março e outubro.
Maior movimentação na cruz do cemitério onde dezenas de pessoas foram acender velas. Fotos Valmir Michelon





ÚLTIMAS NOTÍCIAS