• Nova Folha Regional

Curta italiano que aborda a Sindrome de Down foi um dos destaques no Cinestudantil


O curta italiano “Aggrappati a me”(Segure-se em mim) do diretor e roteirista Luca Arcidiacono. Filmado nas ruas do bairro Garbatella, em Roma, foi um dos destaques na mostra alterantiva internacional ficção, no 19º Festival Nacional de Cinema Estudantil/Mostra Nacional e Internacional de Curtas e Longas. O curta recebeu dois destaques, um dos melhores curtas e destaque atriz para Miriam Fauci.

O curta conta a relação entre um jovem imaturo e uma menina com síndrome de Down que perdeu a mãe e pede para ser trazida de volta em casa.

Os protagonistas da história são Filippo, um jovem de Roma interpretado por Ludovico e uma menina de 8 anos com Síndrome de Down interpretada por Miriam Fauci. Os dois, em universos paralelos que se aproximam cada vez mais, passo a passo, caminhando pelas ruas de Garbatella.

Confira o trailler em https://vimeo.com/289646818

Recorde de inscritos e selecionados

O festival de Guaíba realizado totalmente online com lives e mostras de curtas e longas, encerrou na última sexta-feira, 11 de dezembro com a divulgação dos destaques das mostras estudantis e alternativa(curtas e longas nacionais e internacionais independentes e profissionais). Foram 1965 curtas e longas inscritos de mais de 100 países. O Brasil teve mais inscritos, seguido da Índia, Irã,Estados Unidos Itália, Argentina, Peru.


Quatro longas e quatro temas atuais

Seis longas foram inscritos, entre os destaques foram Sem Tarja,Rafaela Uchoa/SP, que trata de um mundo cada vez mais exigente e intolerante, cada vez mais pessoas encontram nas pílulas uma forma de sustentar suas próprias vidas.

Outro destaque foi Edu (ativo): Uma jornada por experiências transformadoras na educação básica/Isabella Galante/ SP/ O filme aborda iniciativas transformadoras aplicadas a instituições públicas e privadas de educação básica que aprimoram a experiência de aprendizagem dos alunos e promovem a autonomia por meio de pedagogias de aprendizagem ativa. O longa Eu não sou Napoleão, dir Eu Não Sou Napoleão!RJ, reflete sobre a loucura. O que é ser louco?O que é ser normal?Seria uma loucura, uma doença ou uma forma de expressão da alma humana?Um mergulho perturbador e emocionante em um dos maiores hospitais psiquiátricos em funcionamento da América Latina!

Por último, o filme Você escolheu errado seu super-herói?,dirigido por Sílvio Anaz;RJ, aborda a cultura do cancelamento e no-platforming e a ameaça que representam à liberdade de expressão. A partir dos depoimentos do escritor britânico Toby Young, do crítico de cinema Sérgio Rizzo, dos professores Eugênio Bucci e Laércio Fidelis Dias, entre outros, o documentário traz diferentes perspectivas sobre as patrulhas ideológicas e os atos de censura e interdição do debate de temas nos campos artístico e intelectual.


Mostra de curtas de escolas

O festival que é o mais antigo do Brasil que abre espaços para curtas produzidos em escolas, contou com dezenas de trabalhos inscritos do Brasil e Exterior. Na catetorai ficcção ensino médio, destaque a curtas das escolas E.T.E 31 de Janeiro de Campo Bom , Escola Politécnica de Saúde Joaquin Venâncio /RJ, CMEB -Brasília/DF Instituição Educacional de NH / Novo Hamburgo - RS, Fundação Liberato Salzano/NH/RS e Colégio Marista Pio XII Novo Hamburgo./RS .

Guaíba contou com trabalhos destaques das escolas Santa Rita de Cássia, Pe José Eichelberg e Gomes Jardim.


Projeto Festival 20 anos

Na sexta, 11, no encerramento do CinestudantilGuaíba, foi lançado o projeto 20 anos do festival, numa pareceria com a Ufpel que ajudará a contar a histária dos 20 anos do festival em livro e documentário. https://www.facebook.com/20-Anos-Festival-de-Cinema-Estudantil-de-Gua%C3%ADba-107011724597005


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Receba nossas atualizações

51 99616 7059

  • Branca Ícone Instagram
  • arroba

© 2020 - 2021 by Bittencourt Branding and Books | Nova Folha Regional | All Rights Reserved.