• Nova Folha Regional

Ciclone bomba deixa estragos na região

Os danos causados pela passagem do ciclone atingiram principalmente o Litoral Norte do Estado e Região Metropolitana, incluindo a Capital.


Equipes da prefeitura de Guaíba, bombeiros e CEEE trabalham para liberar ruas, cortar árvores e restabelecer a energia elétrica em vários pontos da cidade, em virtude do ciclone bomba, que atingiu o sul do Brasil desde o início da noite de ontem, 30 Uma árvore caiu em cima de uma casa na Colina e outra trancou a rua, ao lado do antigo hospital do Solon, no bairro Ermo.

A CEEE está com cerca de 2 mil profissionais entre eletricistas, equipes de retaguarda, terceirizados e teleatendentes trabalham na recomposição das redes danificadas . No início da madrugada de hoje, 1º, foram registrados 750 mil clientes sem energia em toda a área de concessão da CEEE. No início dessa tarde, o número de clientes sem energia reduziu para 510 mil no total.


Os danos causados pela passagem do ciclone atingiram principalmente o Litoral Norte do Estado e Região Metropolitana, incluindo a Capital. Mas também foram registradas ocorrências nas regiões de Pelotas, Litoral Sul e Camaquã. A estação meteorológica do Aeroporto Salgado Filho registrou ventos com velocidade de até 85,1 Km/h entre 03h e 04h dessa madrugada, mas como as construções e topografia afunilam o vento, essa velocidade deve ter sido superada em alguns pontos da Capital.


Entre as principais ocorrências estão quedas de árvores sobre a rede elétrica, que causaram rompimento de fios e postes em toda a área de concessão.

Contato com a Companhia

Uma indisponibilidade da operadora de telefonia Oi deixou o teleatendimento da CEEE (0800 721 2333) fora do ar entre as 17h de terça-feira, 30 e as 6h de quarta-feira, 01. Devido a congestionamento dos atendimentos por esse canal, a Distribuidora reforça que seja utilizado, preferencialmente, o SMS para informar falta de energia , enviando a palavra LUZ e o número da UC para 27307.


Dicas de segurança:

A CEEE Distribuição alerta para alguns cuidados que devem ser tomados em temporais:

• Não se aproxime nem toque em cabos rompidos ou caídos. Avise imediatamente a CEEE Distribuição por SMS para 27307, com a palavra RISCO e o número da UC ou pelo 0800 721 2333.

• Em áreas alagadas, desligue a chave geral (disjuntor) do imóvel e, caso esteja na rua, afaste-se da rede elétrica. A água é condutora de energia e há risco de choque elétrico, mesmo sem contato direto com a fiação.

• Durante chuva forte com raios, procure abrigar-se em local seguro. Em casa, retire todos os aparelhos da tomada até que a intensidade da chuva diminua.

• Não tente remover telhas e galhos que estejam sobre a rede. Eles podem estar energizados.

Tempo e critérios de atendimento

Quando há temporais, o número elevado de ocorrências e as condições geográficas (distância, dificuldade de acesso por alagamentos, queda de árvores e de barreiras) podem provocar aumento do tempo para o restabelecimento da energia elétrica. A CEEE Distribuição prioriza o atendimento das situações que envolvem risco de vida, serviços essenciais (como saúde, água e segurança) e, após, conforme os procedimentos estabelecidos pela ANEEL, as demais ocorrências, de acordo com o número de unidades consumidoras atingidas. Seguindo esse critério, são verificados e reparados subestações, alimentadores (redes de média tensão), redes de distribuição de baixa tensão e, por último, casos individuais. É importante ressaltar que, em áreas alagadas, por motivos de segurança, o fornecimento de energia só pode ser restabelecido após a normalização do nível da água.



ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Receba nossas atualizações

51 99616 7059

  • Branca Ícone Instagram
  • arroba

© 2020 by Bittencourt Branding | Nova Folha Regional | All Rights Reserved