Campanha busca recursos para publicação de livro de escritor falecido devido a Covid 19


Altair com o escritor Renato na Feira do Livro
Foto Maris Strege/ Altair com Renato

O professor e poeta Renato Lacerda Isquierdo, falecido no mês passado devido a Covid 19, pretendia publicar um livro, intitulado "As flores amarelas". Na época ele não pôde porque reformou a casa, casou e logo veio a pequena filha Manu.

Grupo de amigos não esqueceu desse sonho dele e resolveu realizá-lo , buscando também ajudar sua esposa e filhinha.

Para isso foi criada uma vakinha para quem puder colaborar. O dinheiro será para a ilustração e impressão (os demais serviços editoriais não serão cobrados) e o lucro da venda será para a esposa Josi e a Manu.

Quem colaborar com R$ 40,00 garante o seu exemplar e um marcador de páginas.
Segue o link da vakinha: http://vaka.me/1999356.
Sobre “As flores amarelas”

Da sua janela o Renato Isquierdo colheu as maravilhas da natureza, sobretudo o amarelo das flores. Mas colheu também os pequenos tesouros que participam de nossa vida, como o ar e a água. Sim, ele colheu como quem pintou os nossos dias, um por um. Inspirado em Cecília Meireles, “As Flores Amarelas” é um livro imprescindível ao coração, porque o Renato nos empresta seu olhar de mágico, de artista, que foi e que nunca nos deixará. Suas mãos de poeta seguem se fazendo borboletas para pousarem sobre a superfície do mundo, iluminando o que há de mais simples e, por isso mesmo, precioso.

  • Cada colaboração de R$ 40,00 garante 1 exemplar + 1 marcador de páginas. O dinheiro arrecadado será para as despesas de publicação e o restante será revertido para a esposa do Renato, Josiane Couto e sua filhinha, a Manu.

As flores amarelas, de Renato Lacerda Isquierdo, terá ilustrações de Tristan Arcada

20 páginas. 20x22. Editora Palavreado

SAIBA MAIS:

O professor de língua portuguesa e escritor, Renato Lacerda Isquierdo faleceu dia 29 de março, aos 36 anos. A morte precoce do professor e escritor Renato comoveu Guaíba. Casado, tinha uma filha de três meses. Renato tinha como prazer tocar violão, jogar xadrez, ler romances e escrever poemas. Formado em Letras pela ULBRA Guaíba era professor das Escolas Augusto Meyer, Rio Grande do Sul e Evaristo da Veiga. Renato participou de inúmeras antologias poéticas e, em 2018, lançou um livro de poemas As Aves Solitárias da Poesia, pela editora Sob Medida e, em 2019, lançou a obra infantil O Velho e a Bola, pela Editora Palavreado. Participou ainda, com outros 18 escritores, da coletânea Entre Amarras & Nós, pela editora Estronho. Além de dar aula, Renato era revisor e prestava serviço para a editora Palavreado.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS