Bom início de 2021

Estamos iniciando mais uma década. Há 20 anos o jornal Nova Folha anunciava o primeiro nascimento do milênio. Guaíba está há mais de uma década sem maternidade, esperança que 2021 termine a pandemia e que possamos ver e estampar no jornal o primeiro bebê nascido no hospital.

2021 é um ano de esperanças. 2020 foi o ano da pandemia: isolamento, aglomeração, do fecha e abre comércio e muitas vidas perdidas, grande maioria acelerada pelo coronavírus. Sobrevivemos.

Perdemos quase cem guaibenses no ano passado, foram quase dez mil gaúchos e estamos nos aproximando dos 200 mil brasileiros que tiveram suas vidas abreviadas. Muito ainda se discutira sobre a origem do vírus, quem ajudou a propagar, o que foi feito ou não para ele não avançar, quem tomou ou não tomou as medidas certas, quem foi omisso ou protagonista deste momento. Muitas teses e teorias serão feitas sobre esse momento que estamos vivendo. Nada melhor que o tempo para entendermos o que estamos vivendo. Enquanto isso, tolerância, cautela e esperança.

-----------------------------------

Fechamento: Perdemos o assíduo leitor do jornal Nova Folha, João Corleta Nossos sentimentos e reconhecimento pelo trabalho na cidade.



Posts recentes

Ver tudo

Outro Olhar

Como não indignar-se? Com a idade avançando, achamos que já passamos por tudo ou que o pior já passou. Dizem que agosto é o mês do desgosto. Queria que fosse um mês de boas notícias. A vida nos aprese

Outros olhares

Cidade do Sol Nascente Valmir Michelon Já li muito da psicologia das cores e como elas afetam a nossa vida. Umas das mais gosto é o amarelo. Cor que lembra o amanhecer, o sol e a vida. A cor amarela s

ÚLTIMAS NOTÍCIAS