Almanaque Folha

O escudo

Dia 31 de dezembro de 1965, o prefeito Ruy Coelho sancionava a lei que instituíu o escudo, símbolo de Guaíba. A lei teve nova redação dada pela Lei nº 3157/2014).

Diz o texto: -Um escudo terciado em fixas, sendo a parte superior em amarelo (ouro) e contendo ao centro um cipreste em sua cor natural com bordas em preto, à esquerda do cipreste três lanças ensarilhadas, com galhardetes em vermelho (gole) e à direita do cipreste uma roda dentada simbolizando as indústrias do Município;

- Na parte central do escudo uma faixa horizontal em verde (sinople), simbolizando os campos e a pecuária do Município;

- Na parte inferior do escudo, seis faixas sinuosas contínuas, em prata, com bordas em preto, simbolizando a agricultura do Município;

- Um listel com as cores da Bandeira do Rio Grande do Sul, tendo ao centro a palavra: GUAÍBA - RS, com as datas 1835 e 1926, nas extremidades do listel, em letras maiúsculas prestas e dimensionadas de forma a preencherem o listel;


- Encimando o escudo, uma coroa mural em prata, com quatro castelos fortes;

- Todas as figuras terão bordas em preto. Imediatamente abaixo do escudo e acompanhando sua curvatura e limites da parte inferior, os dizeres: BERÇO DA REVOLUÇÃO FARROUPILHA, em letras maiúsculas na cor preta;


Em 2014, o Vereador João Manoel fez a proposta de alteração nos dizeres do escudo e bandeira.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS