Jornal Nova Folha Regional | Guaíba e Região

Segunda-feira, 15 de Julho de 2024
odonto macedo
odonto macedo

Reflexões do Agora

Minha bicicleta

 Quando ganhei do meu pai a minha primeira bicicleta,

Luiz Carlos Prati
Por Luiz Carlos Prati
Minha bicicleta
Valmir Michelon
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

    MINHA BICICLETA
Quando ganhei do meu pai
a minha primeira bicicleta,
eu comecei, pela primeira vez,
a andar sem os pés na terra.
Já não eram necessários os meus passos
para buscar a alegria de vencer distâncias.
E comecei a pedalar minha inocência
pelos caminhos da infância,
sem saber o que me aguardava
pelas estradas do mundo. 

 

O PODER DA IMAGEM
       O poder da imagem, além do gesto, pode mudar conceitos acalentados ao longo de anos em que uma respeitabilidade se consagrou.

Uma atitude pode ser reveladora de que valores mudaram, quando confrontados com a postura anterior. Ao líder não é concedido o direito de pisar em conceitos que foram a base de sua ascensão e o alicerce que sempre lhe deu sustentação.

Fatalmente irá causar traumas àqueles que nele viam a razão de seu incondicional apoio a uma causa, a uma organização. O subjetivo não faz parte de uma idealização, porque esta requer entrega de pensamentos, uniformes e coesos na busca da sua solidificação.

Muito tem a perder o líder que constrange, amarrota conceitos, destrói os anais de uma história, fazendo os seus seguidores revisarem conceitos ao se depararem com a negação de tudo que aprenderam a respeitar, a proclamar como verdades e difundir como base de um projeto maior de modificação.

O prestígio do líder é fundamental para todo e qualquer grupo social que busca mudanças e nele vê a base da transformação. Abalado este, sobram razões para a descrença, irmã da desilusão.

 

 

 

Comentários:
Luiz Carlos Prati

Publicado por:

Luiz Carlos Prati

Luiz Carlos Prati

Saiba Mais

Fale com a Redação!