Jornal Nova Folha Regional | Guaíba e Região

Segunda-feira, 15 de Julho de 2024
odonto macedo
odonto macedo

Entre Janelas, Páginas e Telas

E se hoje fosse o último dia?

Tanto a pandemia, quanto as enchentes do último mês de maio, nos fizeram pensar na brevidade das coisas e da vida também

Ivan Bittencourt Jr
Por Ivan Bittencourt Jr
E se hoje fosse o último dia?
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Tive um momento de grande reflexão após a leitura no último mês do clássico Tolstoiano “A Morte de Ivan Ilitch”. Um livro elogiadíssimo pela crítica, considerado obra-prima da literatura mundial, e que para surpresa minha, tinha menos de cem páginas – tornando possível a leitura dele em uma tarde. Ivan, meu xará, aliás, Ivan é o mesmo que João em Russo descobri anos atrás, se esmera por seus objetivos e luta, ele trabalha duro perseguindo a melhor posição possível, tanto na carreira quanto na sociedade, tornando-se um juiz de alta corte, porém, vindo inesperadamente a enfrentar uma doença e eminente morte, naquele que era para ser o melhor momento de sua vida. 
Tanto a pandemia, quanto as enchentes do último mês de maio, nos fizeram pensar na brevidade das coisas e da vida também. Desejo que a literatura, aliás, faça o mesmo, meu primeiro livro e objetivo na escrita foi justamente trazer esse diálogo, do quanto é necessário vivermos o hoje e desfrutarmos daquilo e com aqueles que estão ao nosso lado, descalçando-nos de tantas coisas banais. 
Bem, meus caros, leitura recomendada, desejos recomendados, viva a sua vida focando no que é realmente importante, e de quebra, leia num final de semana um clássico da literatura mundial do aclamado Tolstói. Um abraço!

Comentários:
Ivan Bittencourt Jr

Publicado por:

Ivan Bittencourt Jr

Saiba Mais

Fale com a Redação!