>Esgoto tratado em Guaíba

Esgoto tratado em Guaíba

Melhorias na cidade

Guaíba poderá ter praticamente todo o esgoto tratado em 10 anos, sendo que em apenas 3 anos pelo menos 50% do processo já terá sido concluído. Atualmente, somente nos bairros Jardim dos Lagos e Parque do Noli há tratamento, representando menos de 3% de todo o esgoto da cidade.
Conforme o diretor da Corsan de Guaíba, Rogerio Madrid, a companhia espera a licença da Fepam para iniciar o tratamento do esgoto da cidade que beneficiará inicialmente moradores nas margens do Guaíba, desde o bairro Engenho até o bairro Alvorada.
Três estações de bombeamento foram construídas e estão prontas para funcionamento no Centro, Alvorada e Engenho. A estação de tratamento de esgoto, com capacidade para tratar todo o esgoto da cidade, está localizada próximo ao Assentamento 19 de Setembro, ao lado da BR-116. “Todo o equipamento foi testado e agora só falta a liberação da Fepam. Esperamos que isso ocorra neste semestre”, comentou Madrid.
Outras obras já estão sendo realizadas para que o tratamento beneficie os bairros Moradas da Colina, Parque 35 e Cohab, que juntos irão representar, em cinco anos, mais de 50% do esgoto tratado.

Projeto da PPP
A universalização do esgoto deve ocorrer até 2028 através da Parceria Público Privada (PPP). O projeto prevê o investimento de R$ 2,3 bilhões atingindo nove cidades da região metropolitana. Além de Guaíba, contemplará Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Eldorado do Sul, Esteio, Gravataí, Sapucaia do Sul e Viamão.
A PPP está em fase de discusão com as cidades. A licitação deve estar concluída até o início do próximo ano.
A meta é que os serviços atinjam 87,3% da população. A Corsan considera como universalização o percentual em virtude de áreas de difícil acesso para conexão. Estas ficam excluídas do cálculo.